Infectologista dá dicas de como votar com segurança no dia da eleição

23/10/2020 21:17

Ainda que ‘nenhum protocolo no mundo consiga garantir em absoluto a não infecção pelo coronavírus’, o médico Gerson Salvador passou ao Brasil 247 uma série de recomendações que podem diminuir o risco de eleitores e mesários durante a votação


Infectologista dá dicas de como votar com segurança no dia da eleição

A eleição de 2020 para prefeitos e vereadores será muito diferente das que o brasileiro está acostumado. Isto porque a pandemia de Covid-19 impõe uma série de recomendações e restrições para tentar diminuir os riscos a eleitores e mesários. A data do pleito foi alterada neste ano e a votação acontecerá nos dias 15 e 29 de novembro. Os horários também foram mudados, de forma que o eleitor poderá comparecer às urnas entre 7h e 17h. Diante de tantas mudanças, o Brasil 247 conversou com o médico infectologista Gerson Salvador para coletar dicas de como os cidadãos podem se proteger melhor na hora da votação.

O especialista alerta, porém, que o protocolo de segurança recomendado pelo TSE, assim como todos os outros do mundo, não é capaz de garantir 100% que eleitores e mesários não sejam infectados. “Eu não conheço nenhum protocolo no mundo que consiga garantir em absoluto a não infecção. Então a máscara, a distância, a higiene das mãos e a etiqueta respiratória podem diminuir um tanto esse risco”.

Confira as dicas:

  • Distância entre as pessoas: recomendação dos especialistas é de um a dois metros - quanto maior a distância, menor o risco de contágio;
  • Retirada da máscara: o recomendável é não tirar a máscara em nenhuma ocasião. Mas se for muito necessário, não fale - muito menos tussa - enquanto estiver com ela abaixada. De preferência, fique distante das pessoas;
  • Troca de máscara: a recomendação é substituir a cada quatro horas ou quando a máscara estiver úmida e desgastada;
  • Se estiver com sintomas de gripe: não vá votar, independentemente do resultado do teste;
  • Se for grupo de risco e/ou o voto for facultativo: evite ir votar ou, caso vá, tome todas as precauções, indo preferencialmente em um horário mais vazio e recomendado para idosos - entre 7h e 10h.

Brasil 247

Compartilhe

Veja Também

Receba Notícias Pelo WhatsApp