Portas abertas: Prefeitura de São Cristóvão disponibiliza monitores para todas as igrejas do Centro Histórico

16/12/2019 20:42

Com o intuito de manter as sete igrejas do Centro Histórico de São Cristóvão em pleno funcionamento, a Prefeitura Municipal por meio da Fundação de Cultura e Turismo João Bebe-Água (Fundact), realizou a contratação de monitores especializados. A medida se deu para que, além de manter os espaços abertos, os visitantes também sejam bem recebidos e informados sobre a história destes locais.


Portas abertas: Prefeitura de São Cristóvão disponibiliza monitores para todas as igrejas do Centro Histórico

Para o prefeito Marcos Santana, a iniciativa irá atrair mais visitantes para São Cristóvão, fortalecendo cada vez mais o turismo no município. “Nossa gestão está sempre em busca de alternativas para fortalecer o turismo em nossa cidade, e essa é uma delas. Estamos fazendo parceriassediando eventos de âmbito nacional, promovendo ações como o Festival de Artes que trazem milhares de visitantes para a cidade, participando de eventos internacionais e atuando em diversas frentes, como o turismo cultural e religioso, além de possuirmos um patrimônio mundial tombado pela Unesco, que é a Praça São Francisco. Acreditamos nas potencialidades turísticas que nossa cidade possui e que por meio delas conseguiremos movimentar a economia local, promovendo emprego e renda para a população”.

“Nossa base cultural, histórica e religiosa são os museus e as igrejas. Sempre foi uma grande necessidade a captação de turistas porque as pessoas chegavam à cidade e as igrejas estavam fechadas. Na nossa visão é necessário que todos esses atrativos estejam funcionando porque é isso que atrai os nossos turistas. São Cristóvão é primeira capital de Sergipe, a quarta cidade mais antiga do país, e temos o Patrimônio da Humanidade (Praça São Francisco), mas tudo isso em torno de igrejas e museus. Já temos percebido a mudança e a satisfação dos visitantes que vinham a estes locais antes e os encontravam fechados. Agora já tem alguém para recebê-los”, falou a diretora de turismo de São Cristóvão, Fabiana Almeida.

As sete igrejas do Centro Histórico fazem parte do Conjunto Arquitetônico de São Cristóvão, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Os locais carregam em sua estrutura a história da cidade, desde a chegada dos portugueses, às guerras, o período da escravidão, e outros períodos vividos na Cidade Mãe de Sergipe.  Para atuar nas igrejas, os monitores passaram por uma capacitação, e tiveram reuniões com os freis e frades de cada local, para que pudessem conhecer melhor a história da edificação a qual ficaria responsável, e assim passar as informações de forma adequada para os visitantes. Este processo teve início ainda em outubro, e no início de dezembro todos os locais passaram a contar com monitores.

Uma dessas monitoras é Beatriz Dias, que atua desde outubro na Igreja do Carmo no período da manhã. Para ela, essa tem sido uma grande experiência. “É algo incrível, porque até para nós moradores ter acesso às informações históricas é meio complicado. Então está sendo surpreendente para mim, porque estou conhecendo não só a história de cada igreja, mas de toda a cidade. Atender os turistas e conhecer suas histórias também tem sido incrível e gratificante porque eles também trazem a sua bagagem, e com isso a gente aprende sobre a cultura de outros estados e de outros países”, declarou.

A monitora Izabella Lima de Oliveira, que está atuando na Igreja Matriz Nossa Senhora da Vitória também destaca o aprendizado e experiência que vem obtendo no trabalho que desempenha. “Moro aqui em São Cristóvão, e tenho interesse em me graduar em História, e essa tem sido uma experiência muito boa. É interessante porque nós ensinamos e aprendemos, nós passamos o conhecimento sobre a igreja e recebemos pessoas de outras nacionalidades, que trazem informações sobre o lugar de onde vem. Recebemos turistas portugueses que relataram sobre a história de Nossa Senhora da Vitória, que é padroeira da nossa cidade e uma santa muito importante em Portugal”, apontou.

Funcionamento

- Igreja Matriz: Considerada a mais antiga do estado, a Igreja Matriz Nossa Senhora da Vitória está aberta à visitação de terça a sábado, das 9h às 16h, e no domingo das 9h às 13h. Já as missas ocorrem nas quintas e sábados sempre 19h, e nos domingos e feriados às 9h e 13h.

Igreja e Convento São Francisco: O Complexo Franciscano é um exemplo da arquitetura típica dessa ordem religiosa desenvolvida no Nordeste brasileiro. Os espaços funcionam de terça a sábado das 10h às 16h e nos domingos e feriados das 9h às 13h.

Igreja Santa Izabel: A Igreja Santa Izabel funciona de terça a sábado, das 9h às 16h, e domingo das 9h às 13h. Já o prédio onde hoje funciona a Prefeitura está aberto de segunda a sexta, das 8h às 16h.

Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos: Localizada na Rua Erundino Prado, a igreja está aberta de terça a sábado das 12h30 às 16h.

- Igreja Nossa Senhora do Amparo dos Homens Pardos: Fundada pela Confraria de Nossa Senhora do Amparo dos Homens Pardos, que tem como membro mais famoso João Nepomuceno Borges, o João Bebe-Água, a edificação funciona terça, quarta, sexta das 12:30 às 16 h, e aos sábados das 9h às 16h.

- Complexo do Carmo: O espaço que abrange a Igreja Conventual de Nossa Senhora do Carmo (Carmo Maior) e Capela da Ordem Terceira do Carmo (Carmo Menor) está aberto de terça a sábado, das 9h às 16h, e domingo das 9h às 13h.

Fonte: Ascom PM São Cristóvão

Compartilhe

Veja Também

Receba Notícias Pelo WhatsApp