36° FASC: Prefeitura de São Cristóvão anuncia programação oficial

03/09/2019 16:51


36° FASC: Prefeitura de São Cristóvão anuncia programação oficial

A Prefeitura de São Cristóvão, por meio da Secretaria Municipal de Governo (Segov) lançou na manhã desta terça-feira (03), a programação oficial do 36° Festival de Artes de São Cristóvão (FASC). O evento que ocorreu no Museu Histórico de Sergipe contou com a participação de gestores, políticos, artistas locais, imprensa e sociedade sergipana. Com o tema ‘Resistir para Existir’, o FASC acontecerá entre os dias 14 a 17 de novembro, numa verdadeira maratona artística, com mais de 150 atrações, das áreas da: música, artes visuais, dança, teatro, cinema e literatura. 

“É o terceiro FASC da nossa gestão, onde conseguimos manter a regularidade e a qualidade. A concepção do FASC é de um evento efetivamente de arte, das manifestações artísticas que são fundamentais para a reflexão humana. A construção dessa edição iniciou logo que a 35ª edição se encerrou, é algo que demanda muito trabalho e que ainda nos deixa na expectativa de dar tudo certo, nós trabalhamos para isso, e hoje mostramos para Sergipe uma programação que tem como marca o ineditismo”, apontou o prefeito Marcos Santana.

Na ocasião, a secretária de Governo, Paola Santana, reforçou a importância da realização do evento, como uma atividade que vai além da programação artística e cultural que ele oferece. “A maior dificuldade para a realização do FASC sempre é a financeira. Mas desde o início o prefeito estabeleceu que independente das parcerias, nós não recuaríamos. O FASC é uma obrigação nossa com a cidade, mais que shows, o ele movimenta a economia, com mais de 300 ambulantes cadastrados. Ano passado o FASC movimentou 800 mil reais na cidade. Até o festival teremos uma rede de oficinas de capacitações que serão iniciadas. É o legado que deixamos para a cidade. Construímos o festival para que ele não recue, independente da gestão que esteja administrando a cidade”.

Artistas

Presente em todas as edições do FASC, o ator Lindolfo Amaral, componente do Grupo Imbuaça, esteve no lançamento e contou que este ano, os atores trarão a peça “A Farsa dos Opostos”, um espetáculo que já passou pelo festival na década de 90. “O nosso grupo nasceu praticamente dentro do FASC. Foi por causa do festival que decidimos fazer teatro de rua, com a literatura de cordel. Ao longo destes anos participamos de todas as edições, sempre mostrando os espetáculos do Imbuaça nas ruas de São Cristóvão. Este ano traremos a peça “A Farsa dos Opostos”, um espetáculo que apresentamos nos festivais da década de 90, e que agora depois de décadas, retomamos por conta da importância dos temas discutidos. É um orgulho imenso para todos nós fazer parte da programação do FASC, porque sabemos da importância do mesmo para o cenário cultural de nosso Estado. Vejo o FASC ressurgir com a mesma força do início, sempre resistindo ao tempo”, pontuou Lindolfo.

Segundo Gladston Barroso (Gal), artista plástico de São Cristóvão, e um dos maiores agitadores culturais da cidade, o FASC é a reunião de todas as representações artísticas dos sancristovenses, como também dos sergipanos. “O FASC me moldou enquanto artista plástico, contribuindo para minha formação profissional como professor também. É a culminância de toda a nossa cultura e representa muito para todos nós da cidade porque é a nossa cidade como foco de uma das maiores expressões culturais do Brasil, pela grandiosidade de sua programação. Certamente é algo que nos enche de orgulho”, enalteceu.

Para Ridaci, dançarina que coordena o grupo sancristovense da Academia Só Dança, participar do FASC é sinônimo da retomada do amor pela dança. Ela contou que após um hiato de 15 anos, as componentes voltaram a ensaiar para a apresentação de 2018, e desde então não pararam mais. “Durante nosso retorno aos palcos, no FASC do ano passado, duas bailarinas engravidaram naquele tempo e disseram que o amor à dança possibilitou elas serem mães. Agora em 2019, elas retornam aos palcos trazendo seus bebês para a apresentação do espetáculo “Renascer”. Vamos mostrar como a dança voltou a fazer parte de nossas vidas, revivendo esse amor que nos levou de volta aos palcos”, explicou Ridaci, que ainda relembrou como nasceu seu amor pelo festival. “Eu era pequena e assisti a uma apresentação de Ana Botafogo num dos festivais e isto mudou a minha vida. Por causa do FASC eu escolhi ser dançarina, e assim permaneço até hoje”.

Público

De acordo com João Pedro Santos Fontes, a divulgação da programação 2019 do FASC atingiu as expectativas do público. “Achei diversificada e nos deixou maravilhados. Tenho apego pela cidade, e sei que a festa será sucesso de público pelas atrações anunciadas. Toda a movimentação que o festival promove é importante para São Cristóvão”, completou.

Para o jovem Marcello Mattos, morador da cidade, a retomada do FASC em 2017 foi o ponto de partida para se envolver e descobrir a festa. “É o evento mais importante de nossa cidade, e traz aquilo que os jovens querem ver: cultura e arte. Representa o que existe de melhor em nossa cultura e na cultura de nosso Estado. Gostei bastante da programação deste ano, teremos boas bandas se apresentando na festa”, avaliou.

Parceiros

Neste ano, o FASC contará com a parceria Fecomércio Sergipe, Sesc, Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe, Governo do Estado de Sergipe, Universidade Federal de Sergipe e Governo Federal, além do patrocínio da Jaguar, Stanza, Real Classic Bahia Hotel e Vitória Transportes. O evento conta ainda com o apoio da RR Conect e da Auto Viação Progresso.

 

 

Confira a programação

Quinta-feira – 14/11

Salão de Literatura José Augusto Garcez (Salão Paroquial e Matriz)
14h – 18h: Lançamentos e venda de livros Segrase e sorteios de livros da EDUFS
Feira da Prensa “Cordel e Imprensa Alternativa”
14h – Roda de Conversas “Observatório Democracia em Pauta” com Frank Marcon, Andrea Depieri e Fernando Sá
15h – “Palavreando – Prosa e Poesia Ao Pé do Ouvido”, com Margarida Teles
16h – “O Impacto da Cultura Sergipana na Economia Criativa do Brasil”, com Braian Thomas
17h – Intervenção Literária com Pablo Valadares

Cine Trianon (Teatro Elic)
14h às 19h – Mostra Sesc de Cinema

Teatro no Museu (Museu de Sergipe)
19h – Monólogo com Isabel Santos – “Piedade, a seu dispô”
21h – Tânia Mara – Espetáculo “Billie Holiday – A Canção”

Beco do Amor
17h – Trança da Caipora
18h – Lucas Rocha – Recital de Poesia “Quando eu Me Engoli”
18h30 – Vinícius Crispim
19h30 – Banda Ógoòlu
20h30 – Banda Pemeia

Salão de Artes Visuais Vesta Vianna  (Vigário Barroso)
14h – Abertura do salão
14h30 – FASC Convida: artista plástico Gladston Barroso
16h – Oficina de Kirigame com a Profª Drª Marjorie Garrido
17h30 – Roda de Conversa “Narrativas Negracedentes nas Artes Visuais” com Maria Macêdo e Eliana Amorim

Expositores
Adriano Antunes – Viagem na Vertical
Amanda Pinto – Sonhos Lúcidos
Danilo Braga – Folclore Sergipano
Aline Cavalcante – Impressões de UM
Agripino Neto – Retraços de São Cristóvão
Sara Miranda – Espinhos por Toda Parte
Andressa Carvalho – um/3
Mônica Mandrini
Nivaldo Oliveira
Rafael Estranho
Cauê Mathias
Gladston Barroso

 

Sexta-feira – 15/11

Palco João Bebe Água (Praça São Francisco)
18h Orquestra Sinfônica de Sergipe
19h30 Solenidade de Abertura
20h The Baggios
22h Mariene Castro
00h Burundanga Percussivo

Palco Frei Santana Cecília ( Praça do Carmo)
19h Cidade Dormitório
21h Silvério Pessoa
23h Afrocidade
01h DJ Rafa Aragão

Salão de Literatura José Augusto Garcez (Salão Paroquial Matriz)
14h – 18h Lançamentos e vendas de livros Segrase e sorteios de livros da EDUFS
Feira da Prensa “Cordel e Imprensa Alternativa”
14h “Orwell feat Criolo – Diálogo sobre a exclusão social” com Ana Izabel Nascimento
15h “Crônicas de amor e resistência” com Xico Sá (SP) – Mediação por Catarina Cristo
17h “Literatura Feminina e Feminismo” com Mônica Meira, Taylane Cruz e Alessandra Correia – mediação Aline Braga

Cine Trianon (Teatro Elic)
14h – 19h Cinema Palestino – Sobre Futebol e Barreiras /
Arturo Hartmann – Roda de conversa com o diretor

Teatro no Museu (Museu de Sergipe)
11h Cia. De Artes Tetê Nahas – Espetáculo “Desconto”

Salão de Artes Visuais Vesta Vianna (Vigário Barroso)
14h Abertura do Salão
14h30 FASC Convida: Ilustrador Cauê Mathias
16h Oficina de pintura de autorretrato com artista plástico Gladston Barroso
17h Roda de Conversa “O Artista e o Processo de Criação” com artistas expositores

Palco Mariano Antônio (Largo da Matriz)
15h Cia. De Arte Alese – Espetáculo “Balaio de Cantos, Contos e Encantos”
16h Ramanda Kairos – Espetáculo de dança “Sobre as Águas”
17h Grupo de teatro Lurupari (PA) – Espetáculo “Flor do Tempo” 

Beco do Amor
15h Jaque Barroso feat. Radiola Jamaicana
16h30 Café Sexy
18h Snooze 

Cortejos pelas ruas do Centro Histórico (Concentração da Igreja do Rosário dos Homens Pardos)
15h – 17h Encontro de Filarmônicas

Igreja do Rosário dos Homens Pardos
18h Orquestra Jovem de Sergipe
19h Quarteto SaxAju
20h30 Graziella Rollemberg & Fabiano Zanin

 

Sábado – 16/11

Palco João Bebe Água (Praça São Francisco)
19h Axanti
21h Gilberto Gil
23h Cordel do Fogo Encantado
01h Naurêa

Palco Frei Santana Cecília (Praça do Carmo)
19h Sandyalê
21h Trakinagem
23h Joba & Forró Rala Coxa
01h DJ Grau

Salão de Literatura José Augusto Garcez (Salão Paroquial Matriz)
14h – 18h Lançamentos e venda de livros Segrase e sorteios de livros da EDUFS
Feira da Prensa “Cordel e Imprensa Alternativa”
14h “Sistere” – Sarau e recital de poesia com Alberto Nunes
14h30 Palestra “Literatura Palestina de Resistência” com Profª Dr. Ahmed Hussein El Zoghbi (UFS)
15H30 Roda de Conversa: “Comunicação como um direito – descentralização dos meios de comunicação” com Mídia Ninja
17h A biblioteca e a leitura como instrumento para a liberdade intelectual e cultural das internas do presídio feminino PREFEM com Raquel Gonçalves e Profª Drª Germana de Araújo

Igreja do Rosário dos Homens Pardos
18h Jazzlação Premiada
19h30 Coral Vozes da Vitória

Cine Trianon (Teatro Elic)
14h 1ª Mostra Curta-SE Festivalzinho – Acessibilidade – 52’
15h 1ª Mostra Retrô Premiados Curta-SE – Iberoamericanos – 110’ – 12 anos
16h50 1ª Mostra Curta-SE de Longa Metragem – 93’ – 14 anos

Salão de Artes Visuais Vesta Vianna (Vigário Barroso)
14h Abertura do salão
14h30 FASC Convida: fotógrafa Victória Steffany de Araújo (exposição Autoras)
16h Oficina de desenho Arte Bic com o artista Milton Coelho
17h30 Artista e a Cidade – Desafios do Artista Contemporâneo e o meio onde produz – Roda de conversa com os artistas expositores

Palco Mariano Antônio (Largo da Matriz)
15h Teatro de Bonecos Mamulengo de Cheiroso – Espetáculo “Vitalina Tira Pó”
16h30 Cia. De Dança Nu Tempo – “Lembranças de uma época”
17h30 Academia Sodança – Espetáculo “Renascer”

Beco do Amor
15h Dudu Prudente e Projeto Passe
16h30 Madame Javali
18h Paulinho Acústico

Cortejos pelas ruas do Centro Histórico (concentração na Igreja dos Rosários dos Homens Pardos)
15h Taieiras de São Cristóvão
16h Maracatu Asé dOri
17h Samba de Coco da Ilha Grande

 

Domingo – 17/11

Palco João Bebe Água (Praça São Francisco)
18h Coletivo Selváticos
20h N’Gan Daya
22h Dezarie (Ilhas Virgens)
00h Àttøøxxá
Palco Frei Santana Cecília (Praça do Carmo)
17h Alex Sant’ Anna
19h Isis Broken
21h Liniker e os Caramelows
23h Oxalufã

Salão de literatura José Augusto Garcez (salão paroquial Matriz)
14h – 18h Lançamentos e venda de livros Segrase e sorteios de livros da EDUFS
Feira da Prensa “Cordel e Imprensa Alternativa”
14h “Literatura e Identidade Cultural: Caminhos por São Cristóvão” com Academia Sancristovense de Letras
15h Mesa redonda: “Sergipanidade e Baianidade: antropofagias culturais afins” – Paloma Amado, Clóvis Barbosa, Carlos Pina, Gilfrancisco, Mediação – Luiz Eduardo Oliva
17h Cantando o Cordel “O Marco do Vem das Nuvens” com Eduardo Teles

Igreja do Rosário dos Homens Pardos
18h Orquestra Jovem IMS
19h30 Dissonantes

Cine Trianon (Teatro Elic)
14h 2ª Mostra Curta-SE Festivalzinho – 68’ – Livre
15h 2ª Mostra Retrô Premiados Curta-SE – Sergipanos 90’

Salão de Artes Visuais Viesta Vianna (Vigário Barroso)
14h Abertura do salão
14h30 FASC Convida: Artista plástico Rafael Estranho
16h Oficina de desenho com Cauê Mathias
17h Sarapatel filosófico e Roda de Conversa

Palco Mariano Antônio (Largo da Matriz)
15h Imbuaça – Espetáculo “A Farsa dos Opostos”
16h30 Grupo Romanceiro “O Rabicho da Geralda”
18h Espaço Formas Escola de Dança – Espetáculo “Fragmentos”

Beco do Amor
14h Bruxas do Cangaço Convidam – Batalha de Slam
15h Usina Sound
16h30 Taco de Golfe
18h Pseudobanda e O Inferno Coletivo

Cortejos pelas ruas do Centro Histórico (concentração na Igreja do Rosário dos Homens Pardos)
14h Reisado Senhor dos Passos
15h Samba de Coco da Paz
16h Afoxé di Preto

Espaço Doca (Colégio Gina Franco)
15 a 17 de novembro – 14h-18h

– Oficinas
– Exposições de artistas
– Feira de trocas
– Feira de Vinil
– Slam de poesia
– Batalha de tag
– Sarau
– Flash Day
– Dj Rafa Aragão, Dj Lucas Couto e Dj Grau

Fonte: Ascom

Compartilhe

Veja Também

Receba Notícias Pelo WhatsApp