Coluna Radar 17 de outubro 2020

16/10/2020 21:45


Coluna Radar 17 de outubro 2020

Camisa de sete varas

O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, jamais poderia imaginar que, há um mês das eleições, iria se meter numa encrenca dos diabos. O vídeo que circulou pelas redes sociais e que já está de posse das autoridades, mostra, claramente, a prática de crime eleitoral tipificado na legislação vigente. A cena do crime, praticamente, deixa o autor sem defesa. Todavia, o Padre Inaldo alega que foi vítima de uma “armação” maldosa dos seus adversários políticos. Pode até ser, mas esse é um álibi manjado que é usado, reiteradamente, por aqueles que são pegos com a mão na massa. O senador Chico Rodrigues (DEM), pego com mais de R$ 33 mil na cueca, também não sabe como aquela grana foi parar na sua poupança. 

O retrato do crime

O vídeo mostra o Padre Inaldo atendendo a uma “eleitora” e dando uma certa quantia para a mesma pagar o cartão de crédito com a garantia de que pagaria, 15 dias após, a compra de uma cadeira de rodas. Ainda tratam de uma “ajuda” para uma festinha das crianças, com o pagamento de brinquedos, algodão doce e pula-pula. Cuidadoso, o padre passa álcool nas mãos após pegar naquele dinheiro “sujo”.

Agora foi que deu

E para completar o calvário do Padre Inaldo, eis que agora surgiu um áudio altamente comprometedor. Nele, o prefeito conversa com uma liderança e fala abertamente sobre troca de favores visando a sua reeleição. O padre promete emprego para o filho da pessoa com quem conversa e pergunta se o rapaz (desempregado) topa carregar birôs na secretaria da educação. O caso é sério.

Só se fala nisso

Em Nossa Senhora do Socorro não se fala em outra coisa. Aliás, outra coisa que também muito se fala (e que é correlata) é sobre um outro vídeo envolvendo um ex-prefeito que também praticou crime eleitoral. Dizem que este caso já está, também, com a Polícia Federal. Vem baculejo pesado, por aí.

Aumente o volume

O site NE Notícias ao divulgar, com exclusividade, áudios do ex-secretário de estado da saúde, Dr. Valberto de Oliveira, falando como o HUSE foi preparado para favorecer a campanha de reeleição do governador Belivaldo Chagas (PSD) balançou as estruturas palacianas. Tudo porque ninguém tem dúvida de que o conteúdo dos áudios logo chegará aos ouvidos do TSE, que tem em curso o processo de cassação da chapa Belivaldo/Eliana. Isso pode ser a gota d’água.

Rodovia restaurada

O governador Belivaldo Chagas (PSD) esteve em Porto da Folha para anunciar a restauração da rodovia que liga o município buraqueiro a Monte Alegre de Sergipe. Na ocasião, Belivaldo reafirmou o seu apoio ao prefeito Miguel de Doutor Marcos (PSD), quer tenta a reeleição. Durante a solenidade, o governador tirou fotos com simpatizantes do 55, seus correligionários.

O último pôr do sol

A delegada Danielle Garcia (Cidadania), com o dedo em riste, convida o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) para um duelo, de vida ou morte, em local, data e horário que o mesmo quiser. Calma, gente. Esse duelo não passa de um debate político entre os dois candidatos, proposto pela delegada. Evidentemente que o alcaide não vai comparecer, pois, estando em primeiro lugar em todas as pesquisas, não vai cair nessa e dar bala ao “inimigo”. Literalmente, o tiro saiu pela culatra.

Candidatura indeferida

Ao pedir o indeferimento da candidatura do prefeito de Porto da Folha, Miguel de Doutor Marcos e do seu vice, Ailton de Zé Doutor, o promotor Ricardo Machado Oliveira alega que a coligação “Juventude e Honestidade Para o Bem da Nossa Cidade” não sanou uma irregularidade diligentemente apontada pelo Cartório Eleitoral, conforme estabelece o artigo 21 da Resolução 23.609/2019, do Tribunal Superior Eleitoral.

Candidatura deferida

O que ocorreu, na verdade, foi que a coligação “Juventude e Honestidade Para o Bem da Nossa Cidade” não havia encaminhado ao cartório o pedido de registro da candidatura majoritária assinada, corretamente, pelos presidentes dos partidos coligados. Diante do pedido do indeferimento do Ministério Público, a Coligação em questão corrigiu, imediatamente, e encaminhou o requerimento de forma correta, fato que foi acatado pelo promotor Ricardo Machado Oliveira, que se manifestou pelo deferimento da chapa. Assim, fica tudo como dantes no quartel de Abrantes.

Domínio Regional

O Democratas poderá eleger três prefeitos no Baixo São Francisco, em municípios circunvizinhos. Luciano Nascimento (Propriá), José João (Telha) e Layana Costa (Cedro de São João). O desempenho dos três nas pesquisas de opinião realizadas até agora deixa os dirigentes do DEM bastante animados. José Carlos Machado é o mais entusiasmado com tamanha possibilidade de vitórias. 

Sou eu não

Como tem eleitor pensando que a vereadora Emília Correia (Patriota) é candidata a prefeita de Aracaju, a moça tratou logo de espalhar que é candidatíssima a reeleição de vereadora. Sobre a aparição de uma candidata a prefeita que tenta imitar o seu jeito de falar, Emília apenas lamentou a falta de criatividade da moça que repete seus jeitos e trejeitos. 

Fora do ar

Ainda bem que nem todos os candidatos podem usar o tempo reservado ao horário eleitoral “gratuito” no rádio e na televisão. Aqueles partidos nanicos e os chamados de aluguel, que usam o espaço apenas para xingar determinados candidatos não farão uso dessa artimanha. Dos males, o menor. Candidato profissional, sem proposta e com a mesma ladainha fica de stand by. De leve, bem de leve.

A esperança está no ar

Todavia, aqueles candidatos que usam o horário eleitoral conseguem passar para a população uma enorme dose de esperança por dias melhores. As propostas e os projetos mirabolantes deixam os eleitores ávidos pelo amanhã anunciado, com investimentos em todas as áreas, até então carentes de uma melhor ação governamental. Viva a esperança! Afinal, é dela que o povo vive.  

Fofoca pura

Durante a semana que passou surgiu uma informação sobre uma possível impugnação da candidatura da ex-prefeita de Carmópolis, Esmeralda Cruz, que tenta retornar ao cargo nas eleições deste ano. Ao que parece, tudo não passou de boato, pois a moça segue firme na sua campanha e foi vista andando na procissão de Nossa Senhora do Carmo. Nessas horas, a fé vale muito. 

Godinha com salário gordinho

Segundo o site notícia24h, Camila Godinho, que foi candidata a deputada federal pelo estado da Bahia, em 2018, é assessora do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e recebe salário em torno de R$ 17 mil. Competente, foi contratada por R$ 30 mil para trabalhar, nas horas vagas, na campanha de Danielle Garcia. 

Feliz da vida

O deputado federal Gustinho Ribeiro está bastante animado com o desempenho do Solidariedade, seu partido político. Pelo que se comenta, em Lagarto, a prefeita Hilda Ribeiro (SD) vem se credenciando, ultimamente, para ganhar a reeleição. Já em São Francisco, o ex-prefeito Celso do Peixe (SD) tem tudo para reassumir a prefeitura local. Assim falam as pesquisas para consumo interno.

Compartilhe

Veja Também

Receba Notícias Pelo WhatsApp