Parceria entre SENAI e Ministério Público leva benefícios para crianças e adolescentes de Sergipe

12/08/2019 18:10


Parceria entre SENAI e Ministério Público leva benefícios para crianças e adolescentes de Sergipe

Ação realizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), por meio do Centro de Apoio Operacional (CAOP) do Ministério Público de Sergipe, enfatiza a importância de estreitar cada vez mais o relacionamento entre as empresas privadas e o Ministério Público, com o objetivo de reforçar a aplicabilidade dos direitos básicos às crianças e adolescentes que necessitam de auxílio ou vivem em estado de risco e vulnerabilidade social. 

A parceria entre o Sistema Indústria de Sergipe e o MP/SE rendeu ao CAOP uma doação de aproximadamente duas mil peças de roupas infanto-juvenil, confeccionadas por alunos de cursos voltados para confecção, costura e modelagem do SENAI, presentes nos diversos municípios de Sergipe. As peças foram entregues na última quinta-feira, 8, na sede do MP/SE, diretamente à promotora de Justiça e também diretora do CAOP, Lilian Carvalho.

A promotora, em agradecimento à ocasião, mencionou o SENAI e também o SESI como parceiros imprescindíveis nas atividades sociais promovidas pelo CAOP, pois ambas as instituições auxiliam na luta pela garantia dos direitos de uma parcela da juventude sergipana. “O Sistema Indústria já é parceiro do CAOP em diversas ações, voltadas especialmente para crianças e adolescentes carentes, que precisam do nosso olhar, da nossa oportunidade”, afirma.

A coordenadora ainda enfatiza que a preocupação com a juventude é um dever de todos, da família, da sociedade, do poder público e as entidades do Sistema Indústria compreendem essa função. “A nação que não cuida das suas crianças e dos seus adolescentes está fadada ao fracasso, pode até crescer no fator econômico, mas no fator humano e social, terá problemas. Uma criança ou um adolescente mal cuidado é refletido na sociedade, pois a criança de hoje é o homem e mulher do amanhã”, finaliza.

De acordo com Paulo Bergamini, diretor regional do SENAI, tais parcerias geralmente refletem em uma troca de oportunidades. “Além população ter a chance de se qualificar e adentrar no mercado de trabalho, outros são beneficiados com os serviços ou produtos, frutos dessas parcerias. O resultado dessa ação é um trabalho de qualidade, realizado também por pessoas que precisam de apoio para ocupar um posto de trabalho, portanto, trata-se de uma ajuda mútua”, destaca.

Fonte: Unicom/FIES

Compartilhe

Veja Também

Receba Notícias Pelo WhatsApp