Coluna Radar 25 de abril de 2020

24/04/2020 20:47

Por César Cabral


Coluna Radar 25 de abril de 2020

Problemas no berçário 

As falcatruas praticadas reiteradamente em Brasília não são coisas de agora e já veem de “priscas eras”. O brasileiro, via de regra, adora levar vantagem naquilo que faz. Passar a perna no outro, é com ele mesmo, salvo algumas raras exceções. Não adianta reclamar que os políticos fazem isso e aquilo se, na verdade, a onda da mão grande já vem de berço, na maioria da população.

Problemas no berçário 2

Exemplo claro e cristalino que se pode dar a esse “pandemônio” é o caso do auxilio de R$ 600,00 que o Governo está dando, nesse período, para pessoas de baixa renda e em estado vulnerável. A quantidade de pessoas que tentaram (e tentam) fraudar o processo é algo assustador. Por essa razão, os servidores da Caixa e do Governo estão passando um pente fino, expurgando os malandros aproveitadores. Isso tem atrasado a liberação dos recursos e causado certa letargia no funcionamento do aplicativo.

Problemas no berçário 3

Casos assim tem ocorrido de norte a sul, de leste a oeste. O DNA do nosso povo é forte, nesse “predicado”. É tanta gente tentando dar o golpe que, como não dá para prender todos, é melhor deixar quieto. Tem até candidato a vereador cadastrado, afirmando que vai sacar os seiscentos mangos e dar a um pobre. Você acredita? E pode, Arnaldo? Quando você encontrar numa lotérica uma caneta bic, velha, amarrada num cordão, já sabe o motivo! 

Salvo pelo gongo

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta escapou, ileso, de uma Ação movida pelo Ministério Público do Mato Grosso do Sul, que o acusava de desvio de R$ 150 mil em contratos, durante o período em que foi secretário estadual da saúde (2005/10). O ministro Napoleão Nunes Maia Filho negou (quarta, 22) recurso especial do MPMS, sob a alegação de que os atos prescreveram. Ah, tá!

Jogando pra galera

Após a indignação do povo de Lagarto diante da perspectiva do fechamento do Hospital Nossa Senhora da Conceição, a turma dos “Saramandaia” resolveu colocar o bloco na rua. O deputado federal Fábio Reis (MDB) lançou a hashtag #ReageLagarto para mobilizar a população no enfrentamento da Covid-19. Dá dicas de prevenção, cobra da prefeitura priorizar o pagamento dos salários dos profissionais da saúde, mas, não fala nada sobre o Hospital Nossa Senhora da Conceição.

Vai fiscalizar

Diante das notícias veiculadas pela imprensa, a respeito da situação caótica do Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Lagarto, o conselheiro do TCE, Carlos Alberto Sobral, resolveu averiguar a aplicação dos recursos públicos que foram liberados nos últimos anos.   

Rezando sem batina

O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, candidato à reeleição, queria, mesmo com essa pandemia, autorizar a reabertura das igrejas, naturalmente para rever os fiéis eleitores. Em cima da bucha, o arcebispo metropolitano, D. João, emitiu uma nota determinando que as igrejas permanecerão fechadas, em obediência ao Decreto Governamental. Se quiser, o Padre Inaldo vai ter que rezar de casa em casa. Mas, antes, deve se confessar. 

Drible da vaga

Se no futebol o drible é da vaca, na política é da vaga. Foi exatamente esse drible que o vereador Fábio Meireles (PSC) deu no cristão novo, Thiaguinho Batalha, após este último anunciar pelas redes sociais que seria o novo líder do partido, na Câmara de Vereadores de Aracaju. Depois de postar “vamos que vamos”, Thiaguinho teve que se contentar com o folclórico “fumo e vortemo”. Meireles foi o escolhido.

Deu xabu

A prefeita de Malhador, Elayne Araújo, contratou, no dia 4 de março, uma empesa para fornecer fogos pra o Dia do padroeiro, São José (19). Gastou R$ 17.400,00 e não soltou um rojão sequer, pois a pandemia começou na véspera da festa. O negócio agora é soltar os fogos quando o cornoavírus for embora. Faz sentido.

Propriá efervescente

A política na cidade ribeirinha de Propriá está pegando fogo, mesmo com o coronavírus isolando as pessoas dentro de suas casas. Com vários candidatos a prefeito, os eleitores, em casa, recebem uma enxurrada de mensagens pelas redes sociais. O ex-secretário da saúde, Valberto Lima, o presidente da Câmara, Aelson dos Santos, o prefeito Iokanaan Santana, o advogado Márcio Dória e o ex-prefeito Luciano de Menininha vão disputar a preferência do eleitorado.

Propriá efervescente 2

Valberto conta com o apoio do governador Belivaldo Chagas, Aelson tem a estrutura da Câmara e o apoio do deputado federal Fábio Mitidieri; Iokanaan em a favor a máquina administrativa (apesar de ser pessimamente avaliado pelo povo) e o advogado Márcio Dória (PT). Luciano de Menininha só decidirá candidatura no início de maio, mas, está muito animado, principalmente após a prima Ana Alves ter tido o seu nome lembrado por boa parte da população. 

Pesos e medidas diferentes

O prefeito de Propriá, Iokanaan Santana, usou dois pesos e duas medidas diferentes em relação aos cortes de despesas efetuados por conta do coronavírus. Suspendeu os contratos dos professores contratados pelo PSS (Processo Simplificado Simples), mediante Decreto com efeito retroativo a 2 de abril. Antes, porém, nomeou diversos apoiadores da sua campanha, sem a menor cerimônia. Isso é o que diz o advogado Márcio Dória.

Dinheiro boiando

A Câmara Municipal da Barra dos Coqueiros resolveu devolver ao município, um milhão de reais, do seu respectivo duodécimo. Com as sessões paralisadas (Covid-19), a vereadora Pastora Salete encaminhou uma indicação (que deve ser lida e aprovada) sugerindo que a prefeitura distribua a grana com pessoas de baixa renda, a exemplo de mototaxistas, garçons, taxistas, canoeiros, etc. Segundo a Pastora, dá pra beneficiar cerca de 3.000 pessoas. Resta saber se o prefeito Airton Martins vai querer dividir esse “pão”. 

Sobe e desce

Finalmente, o preço dos combustíveis começou a cair. De janeiro até hoje, o preço caiu em mais de 30%, na distribuidora. Entretanto, somente agora que em Aracaju a gasolina está sendo vendida abaixo dos R$ 4,00. No interior, tem um posto vendendo a gasolina a R$ 3,69, diesel R$ 2,99 e Etanol a R$ 3,19. Enquanto isso, o dólar continua subindo, sob as mais diversas justificativas. 




Compartilhe

Veja Também

Receba Notícias Pelo WhatsApp